Descubra qual o melhor anti-idade para a sua pele

A cada ano, novos cremes anti-idade são desenvolvidos com a promessa de prevenir, retardar ou melhorar os aspectos relacionados ao envelhecimento da pele. Ao serem lançados no mercado, suas poderosas campanhas de marketing nos convencem de que vale a pena pagar altos preços por eles. Mas será que prevenir o envelhecimento da pele tem que custar tão caro?

envelhecimento provaCom a foto ao lado, quero mostrar a você que cuidar da pele pode ser bem mais barato do que você imagina. Ao contrário do que possa parecer, a diferença entre as duas hemifaces deste senhor  não se deve a utilização de toxina botulínica, preenchimento, creme anti-idade ou algum procedimento  estético, mas a falta do uso de um produto simples, relativamente barato e que está acessível a todos: o fotoprotetor.

Isto porque, por ser caminhoneiro, este senhor passou  sua vida expondo mais a hemiface que fica ao lado da janela ao sol. Isto acabou gerando rugas profundas e flacidez acentuada apenas no lado que recebeu cronicamente a radiação solar.

Antes de dar algumas dicas sobre ativos cosméticos para cremes anti-idade, gostaria de compartilhar neste post um pouco sobre o processo do fotoenvelhecimento, para que assim vocês entendam que, antes de gastar fortunas em cremes anti-idade e tratamentos estéticos, é preciso investir primeiro em um bom fotoprotetor.

O processo de envelhecimento está relacionado com a diminuição das fibras de colágeno e elastina da pele, que são responsáveis pela sua sustentação e elasticidade. Este processo está diretamente relacionado com a concentração de radicais livres, espécies reativas que são produzidas tanto por fatores externos (como a radiação ultravioleta, toxinas do cigarro e a poluição atmosférica), quanto por processos fisiológicos (como por exemplo a respiração celular). Isso mesmo, você respira, logo envelhece!

Quando estes radicais se acumulam (sua quantidade é maior do que o organismo consegue neutralizar), eles estimulam um fator nuclear chamado de κβ (kapa beta). Este fator nuclear ativa a produção de enzimas chamadas de METALONOPROTEINASES, que são responsáveis pela degradação do colágeno e cujo papel fisiológico é nivelar a pele no processo de cicatrização (se você não tem quelóide é graças a ela!).

Dentre os principais fatores externos que aumentam a concentração de radicais livres na pele está a radiação ultravioleta. Então, toda vez que você “toma sol”, o colágeno de sua pele é degradado. Entretanto, o organismo promove a formação de novas fibras para “tapar o buraco” (neocolagenese). É por isso que você não ganha uma ruga instantaneamente!

Contudo, se esta degradação se tornar crônica (diária), chegará um momento em que os mecanismos de reparação serão levados ao esgotamento. Lembre-se: todos os processos fisiológicos, bem com sua eficiência, são programados pela nossa genética e tem um prazo de validade. Se não fosse assim, morreríamos aos 80 anos com a pele de um bebê!

Por isso, quanto mais você utilizar os mecanismos de reparo fora de sua programação fisiológica, mais cedo eles perderão sua eficiência. O resultado: envelhecimento precoce com rugas e flacidez muito mais acentuados.

DICA 1: o melhor anti-idade para todas as peles e idades é o Fotoprotetor. Utilize fotoprotetores com filtro físico: dióxido de titânio e óxido de zinco. Estes filtros bloqueiam tanto a radiação UVA e UVB com eficiência. FPS 30 e PPD 10 (rotulagem com PPD já é norma em vigor no Brasil e se refere a proteção contra radiação UVA).

DICA 2: Utilize cremes com antioxidantes! Estas substâncias neutralizam os radicais livres e previnem o envelhecimento precoce. Vitamina C  nanoencapsulada ou lipossomada, caso contrário não é estável (5%) e vitamina E (2%) são velhos conhecidos e boas opções de ativos para uso cosmético. Outros exemplos: ácido ferrúlico, niacinamina e os polifenois (uva, chá verde, oliva…).

DICA 3: quer estimular a produção de colágeno? vitamina A (2%), ativo da famosa fórmula do Pitanguy ou seu derivado retinaldeido (0,05%) e vitamina C atuam neste sentido! Simples assim!

DICA 4: Cuidado com os ácidos! Muitas formulações comentadas em vídeos do you tube contém hidroquinona para clareamento de manchas. Esta substância requer muito cuidado pois pode causar acromias (manchas brancas) irreversíveis (evite seu uso por mais de 2 meses ao ano). Cuidado também com o ácido retinóico (derivado da vitamina A): é extremamente FOTOSSENSSIBILIZANTE  (só deve ser usado no inverno quando não há exposição solar)

Curiosidade: veja abaixo que estes ativos estão nos melhores produtos comerciais listados neste  link http://www.vaidadederme.com/2014/07/30-opcoes-de-anti-idade-menos-rugas-e_21.html

  1. La Roche-Posay Redermic Hyalu C: vitamina C 5%
  2. Avene Ystheal Emulsão: Retinaldeido CT (derivado da vitamina A)
  3. Melora C Max Espuma: Vitamina C e Vitamina E
  4. La Roche-Posay Active C 10: Vitamina C e Vitamina E
  5. Ada Tina Pure C: Vitamina C 5%
  6. Roc C Superieur 6%: Vitamina C
  7. Avene Eluage Emulsão: Retinaldeido (derivado da vitamina A)

Quer pagar menos? manipule em sua farmácia de confiança!

Quer saber mais sobre fotoenvelhecimento: acesse o Consenso Brasileiro de Fotoproteção: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25761256

Gostou? compartilhe! Ficou com dúvidas? comente que estudarei para melhor responde-las!

Abraço

Ruth Heilmann –  Farmacêutica

Anúncios

Um comentário sobre “Descubra qual o melhor anti-idade para a sua pele

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s