O desafio de não criar monstros!

Confesso que ando meio sumida aqui no blog!!!! A gente acha que o puerpério é o final do mundo e que o esgotamento da falta de sono é a coisa mais difícil da maternidade, mas minha amiga, não é! kkkkkk

Calma, se você ainda está nesta fase, não se apavore!!!!! Logo logo você ganha umas horinhas de sono (horinhas né, pq dormir igual a bela adormecida já era kkk) e você ganha a disposição para enfrentar uma outra fase da vida de seus filhos: a educação!

Lembro que na época em que reclamava muito da fase de bebês das minhas gurias uma amiga me falou: “Ruth, crianças menores problemas menores, crianças maiores problemas maiores”. Nessa hora pensei: ($@*%) só pode estar de brincadeira! Nenhum problema pode ser maior que esse!

Massss…

Sim, isso é mesmo verdade!

Educar uma criança é a maior e a mais desgastante missão da paternidade/maternidade. Eis alguns pormenores desta missão:

  1. Toda criança nasce com todo potencial para ser uma péssima pessoa: existem itens DE FÁBRICA que acompanham todo ser humano. Você não precisa ensinar uma criança a ser egoísta, a ser ciumenta, a mentir, a ser dissimulada e manipuladora (isso já fazem de berço…). Então: não corrija e não ensine seu filho a ser altruísta, a dividir, a falar a verdade e você já viu, estarás criando um mini monstrinho.
  2. Crianças viram ADOLESCENTES. Simmmm! seu bebê não será bebê para sempre!!!! Por isso, a pena (e os avós também kkkk) é a sua maior inimiga! Ah coitadinho ele é tão pequenininho, ah ele é só uma criança e não faz por mal, ah mas ele tá assim pq está cansado e não tirou a sonequinha, essas e outras mil desculpas… Pois bem, nunca vi ninguém com pena de um pobre adolescente  mal educado que envergonha a sua família. Não crie desculpas pelo mau comportamento: o caráter se forma na primeira infância, e essa é a hora de ensinar o caminho certo!
  3. Você precisará de muita, mas muita Paciência. Sim,você repetirá um milhão de vezes uma mesma ordem e muitas vezes irá deixar a raiva subir a cabeça e vai acabar se excedendo em algum momento. Por isso, procure sempre corrigir a criança no primeiro sinal de desobediência ou mau comportamento. Não fique esperando a terceira, a quarta ou a quinta vez para intervir – nessa hora você já estará explodindo e provavelmente não fará a correção com amor!
  4. E por fim: SINTONIA E COMPROMETIMENTO SÃO DAS DUAS PARTES, PAI E MÃE (ou de quem mais more com a criança e seja sua referência). Esse acredito ser o fator principal na criação de filhos. Como criar uma criança se o pai se comporta de uma maneira e a mãe de outra? Qual referencia uma criança neste contexto vai ter? Ambos precisam se engajar IGUALMENTE nesta tarefa, independentemente de quem trabalha fora, de quem está cansado ou de quem diz ter menos paciência… (nada de desculpas!).

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e quando ela crescer, não se desviará dele” Provérbios22:6.

Portanto, foque no adulto que você almeja que seu filho se torne. Ensine para ele HOJE o caminho e tenha a garantia de que ele irá honrá-la até o final da sua vida!

Abraços!

Ruth

 

Anúncios

Barriga chapada no pós parto: você realmente necessita disto?

Queridas amigas! Um dos artigos mais acessados aqui do blog é: https://ruthheilmann.wordpress.com/2012/06/29/e-agora-entrar-em-forma-como/, onde faço o relato da minha experiência com a perda dos quilinhos ganhos na gestação e de como foi complicado para mim voltar a forma no pós parto.

Agora, por estar trabalhando na área da estética, achei importante falar sobre o assunto e compartilhar com você um pouco da minha experiência Continuar lendo

Descubra qual o melhor anti-idade para a sua pele

A cada ano, novos cremes anti-idade são desenvolvidos com a promessa de prevenir, retardar ou melhorar os aspectos relacionados ao envelhecimento da pele. Ao serem lançados no mercado, suas poderosas campanhas de marketing nos convencem de que vale a pena pagar altos preços por eles. Mas será que prevenir o envelhecimento da pele tem que custar tão caro? Continuar lendo

E agora, entrar em forma como???

shutterstock_78297394

O bebê nasceu, o tempo passou mas os quilinhos a mais  teimam em te incomodar??? Pois foi exatamente isso que aconteceu comigo!

Enquanto muitas globais saiem “secas” da maternidade, eu praticamente não emagreci até desmamar a minha filha, o que aconteceu por volta dos seus 8 meses.

Obviamente me sentia a pessoa mais obesa, estressada e esgotada do planeta!  Depois de 4 meses malhando enlouquecidamente e ZERO gramas perdidas (e mais uma inflamação no quadril), percebi que sozinha não conseguiria emagrecer Continuar lendo

Relato de Parto

A hora do parto é sempre um momento esperado com muita ansiedade. Para muitas mulheres a decisão da via de nascimento já está definida muito antes do inicio da gestação, outras mudam de idéia no “meio do caminho” (talvez depois de assistir aqueles programas do discovery home and health…) e existem aquelas que deixam para pensar no assunto na última hora. 

O fato é que o parto, independente de sua via, é um pouco assustador para todas Continuar lendo

Dicas para o Book de gestante

Em um ano repleto de gravidinhas (até já perdi as contas das amigas gestantes), muitas futuras mamães devem estar pensando no tal book de gestantes. É fato que nem todas se sentem lindas e maravilhosas nesse período, mas para aquelas que gostam da ideia, as fotos são uma linda recordação desse momento tão especial!

Talvez muitas desistem da idéia porque, na maioria dos trabalhos, o que vemos são gestantes  praticamente nuas Continuar lendo

Sintomas do segundo trimestre de gravidez: estrias, azia e dor na nádega

Já se passaram 22 semanas e os incômodos relacionados com o primeiro trimestre também já se foram… Mas, assim como alguns sintomas se vão, outros tomam lugar e novas adaptações são necessárias para manter uma gestação mais agradável e saudável.

Neste post quero compartilhar os sintomas que senti no segundo trimestre de gravidez: o desconforto abdominal, a azia e o pior de todos, as dores na nádega. Continuar lendo